Melhor Software para Gestão da Qualidade! | Tel.: (48) 3036-2437

Blog

O poder das Ferramentas da Qualidade automatizadas!

ferramentas-da-qualidade-automatizadas
Ferramentas da Qualidade

O poder das Ferramentas da Qualidade automatizadas!

Muita gente entende um software de gestão da qualidade como um conjunto de ferramentas da qualidade automatizadas. E essa visão não deixa de ser correta, mas também um tanto limitada.

Nós trabalhamos incessantemente para transformar a Gestão da Qualidade em um ponto que extrapola o simples controle e inspeção. Para nós, um software de gestão da qualidade é inteligência! E é isso que tentarei mostrar no artigo de hoje.

Se você está em busca de uma ferramenta para seu SGQ, esse artigo vai te mostrar o quanto você está tomando uma boa decisão. Se não está, espero que ele sirva para você refletir e entender se seu SGQ precisa ou não de um software.

Acima de tudo, o importante é refletirmos constantemente sobre como podemos melhorar nosso sistema de gestão da qualidade!

O simples poder da simplicidade

Nós sabemos o quanto a qualidade é importante e decisiva em uma empresa, mas também sabemos que nem todo mundo pensa assim. Muitas vezes, qualquer motivo é motivo para, por exemplo, não tratar uma não conformidade (NC).

Assim, quanto mais simples forem as rotinas, mais fácil é que as pessoas se engajem nelas. Além disso, para quem está na correria do dia a dia, qualquer dificuldade pode se tornar uma grande dificuldade. O simples fato de fazer tudo com poucos cliques e sempre precisar “decifrar” o que está na tela é um grande fator de engajamento.

Nós eliminamos grandes barreiras de resistência quando o seu colaborador não precisa criar todos os documentos necessários para a tratativa (formulários de tratativa, planilhas, ferramentas de análise e planejamento, etc).

Ao automatizarmos tudo, o colaborador se concentra apenas na tratativa em si, e não em produzir documentos. Quando não se tem um software, o primeiro passo é criar as planilhas necessárias. Já quando se tem, o primeiro passo já é um passo da tratativa em si. Pode ser o registro na NC ou a análise de causas, por exemplo.

As ferramentas da qualidade automatizadas e a visão do todo

Quando arquitetamos uma ferramenta para o 8Quali, pensamos em todo o contexto sistêmico da empresa e em como isso afeta a qualidade. Por isso, não adianta apenas jogar uma ferramenta no software. Precisamos entender como ela interage com o sistema.

Um Ishikawa, por exemplo, precisa estar dentro de um contexto que vai fazer essa ferramenta ser realmente útil para quem a utiliza. Mesmo que o usuário não entenda de qualidade.

O 5W2H precisa ser simples e prático, e estar disponível no momento da tratativa que vai ajudar a resolver e eliminar a causa raiz. E que mais tarde vai compor um mapa estratégico que vai mostrar como a empresa está se saindo.

Entenda que não é só “criar uma planilha”. Uma ferramenta isolada é só uma ferramenta, mas uma ferramenta dentro de um ecossistema é um órgão vital. Quando temos tudo automatizado, integrado, a qualidade se torna realmente o coração da empresa.

Quando isso acontece, a qualidade bombeia boas práticas e tomada de decisões assertivas para todos os setores, “dos pés à cabeça”. E isso é ter um sistema de gestão da qualidade de verdade!

O acúmulo dos milissegundos

Uma corrida de Fórmula 1 tem diversas voltas. E quem ganha não é o piloto que faz a volta mais rápida, mas sim o que consegue fazer uma média de voltas mais rápidas maior que todos os outros.

Para isso, a cada curva, a cada frenagem ou retomada, o piloto precisa ser preciso ao ponto de eliminar milissegundos que, somados, o farão ser mais rápido ao final da corrida. Uma única volta rápida não o fará vencer.

Trazendo para nossa realidade, não adianta muita coisa uma tratativa ter, por exemplo, ter 5 etapas e apenas a 3ª ser eficiente.

Muitas vezes, um processo envolve muita gente, com diferentes níveis de conhecimento e prática. Enquanto alguns vão “voar” e fazer todas as planilhas e o que for preciso, algumas vão ficar em dúvida, travadas. Presas a uma rotina específica e travadas por não saber que, por exemplo, um 5 porquês ajudaria a encontrar a causa raíz.

Em resumo, é como se o piloto fizesse a volta mais rápida da corrida e, em seguida, fizesse a pior volta da história das corridas. O simples fato de você notificar todo mundo automaticamente, por exemplo, já poupa muito tempo e trabalho. Já agiliza muito a tratativa e faz as coisas rodarem mais facilmente

Qual é o objetivo real da sua empresa? (seja com Ferramentas da Qualidade automatizadas ou sem elas)

Eu sei que sou suspeita, afinal trabalhamos com ferramentas da qualidade automatizadas, haha. Mas a pergunta mais importante é: qual é o objetivo do seu SGQ? Onde você quer chegar com a implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade?

Se o objetivo é apenas um certificado na parede, bem, continue com as planilhas e talvez tudo dê certo. Mas se a intenção é realmente melhorar as coisas e alcançar mais resultados, considere que as planilhas vão atrasar você.

Ter ferramentas da qualidade automatizadas engaja mais pessoas, dá velocidade aos processos e integra o sistema à sua empresa.

Mesmo que o sistema seja novo e ainda precise de ajustes (o que um software permite facilmente), o nível de padronização e eficiência aumentam muito. Isso, por si só, eleva também os níveis de eficácia. Assim, além de todos os benefícios que listei aqui, com o tempo, o caminho inevitável é a melhoria contínua!

E aí, tá esperando o que? Entre em contato com a gente clicando aqui e vamos dar mais poder à sua empresa!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close Bitnami banner
Bitnami