Melhor Software para Gestão da Qualidade! | Tel.: (47) 3209-0581

Blog

Quem foi Kaoru Ishikawa?

Kaoru Ishikawa
Artigos, blog

Quem foi Kaoru Ishikawa?

Você já ouviu falar sobre Kaoru Ishikawa e suas contribuições para os conceitos e a evolução da Gestão da Qualidade?

Autor de obras como Controle da Qualidade Total, Introdução a Qualidade Total, Guia para a Qualidade Total, contribuiu fortemente para a construção da Qualidade como Filosofia e para a organização das ferramentas da qualidade, sempre focado na educação organizacional.

Segundo ele, o controle de qualidade começa com a educação e termina com a educação e para promover o controle de Qualidade com a participação da empresa como um todo, a educação em controle de qualidade precisa ser disseminada para todos, do presidente aos operários da linha de montagem.

Leia este artigo até o final e saiba mais sobre este guru da Qualidade e suas contribuições.

Quem foi Kaoru Ishikawa?

Kaoru Ishikawa nasceu em Tóquio, no Japão, no ano de 1915. Em 1939, formou-se em Engenharia Química pela Universidade de Tóquio, onde se tornou professor anos depois.

Em 1941, Ishikawa iniciou sua carreira na área da Gestão da Qualidade na Companhia de Combustível Líquido Nissan.

Em 1978, tornou-se presidente do Instituto de Tecnologia de Musashi, além de ser membro da União Japonesa de Cientistas e Engenheiros (JUSE), sendo um dos maiores estudiosos da Qualidade no Japão.

Tamanha a sua influência que no ano de 1993, a American Society for Quality (ASQ) criou a Medalha de Ishikawa em sua homenagem.

Atualmente, o prêmio é concedido para aqueles que se destacaram como líderes e que tenham contribuído para a melhoria dos aspectos humanos da qualidade.

Inclusive, Ishikawa também divide o título de membro honorário da ASQ com grandes nomes, como Deming e Juran.

Contribuições de Ishikawa para a qualidade

A carreira e a vida de Kaoru Ishikawa foi focada na transformação de conceitos já existentes, trazendo diversas contribuições para a área da Qualidade.

A seguir, trouxemos as suas maiores contribuições práticas para a Gestão da Qualidade e para a cultura organizacional.

Círculos de Qualidade

Uma das contribuições de Ishikawa para a Gestão da Qualidade foi a criação e validação do Círculo de Qualidade, que foi idealizado com os membros da JUSE.

De modo geral, os círculos da qualidade podem ser entendidos como uma reunião de um grupo de colaboradores de um mesmo setor da empresa, voltado para a discussão e o desenvolvimento de estratégias para a melhorar a qualidade e do SGQ.

O principal objetivo dos círculos da qualidade é promover a melhoria contínua dos processos e dos setores organizacionais, identificando os pontos fracos e trabalhando para que o setor se torne muito mais competitivo.

Diagrama de Causa e Efeito

Outra ferramenta que é muito utilizada, senão uma das mais populares da Gestão da Qualidade é o Diagrama de Causa e Efeito, também conhecido como Diagrama Espinha de Peixe, sendo uma das contribuições mais conhecidas de Ishikawa.

Esta ferramenta, é uma representação gráfica que viabiliza estabelecer, após uma análise criteriosa, as causas (problemas que dão início à ocorrência de um problema maior) que levam o efeito a ocorrer. Ele é desenhado para exemplificar claramente as diversas causas que afetam um processo por classificação e relação das causas.

Além disso, esta ferramenta se tornou popular pelo fato de dispensar a necessidade de um especialista em qualidade para a sua aplicação. Ou seja, qualquer organização pode aplicá-la, conforme a sua necessidade.

Sendo assim, a proposta do Diagrama de Causa e Efeito é compreender as falhas e pontos críticos dos processos, analisando as suas causas e efeitos, e trabalhando para sanar efetivamente estas causas.

Organização das ferramentas de qualidade

Outra grande contribuição de Kaoru Ishikawa é a organização das ferramentas da qualidade, tornando-as muito mais palpáveis e efetivas.

Claro, muitas ferramentas já existiam antes de Ishikawa trazer as suas soluções, contudo, a sua preocupação foi criar um conjunto de ferramentas que realmente funcionassem, solucionando os grandes problemas organizacionais.

Nesse sentido, ele idealizou as 7 Ferramentas da Qualidade, que consiste na união de grandes ferramentas da qualidade em um método conciso. Assim, as ferramentas são:

  • Diagrama de Pareto;
  • Diagrama Espinha de Peixe;
  • Histogramas;
  • Folhas de verificação;
  • Gráfico de dispersão;
  • Fluxogramas;
  • Cartas de controle.

Embora estas ferramentas sejam bastante conhecidas, é necessário que a empresa conte com um especialista para direcionar as suas aplicações de forma adequada, conforme as necessidades da empresa.

Kaoru Ishikawa e a transformação do pensamento

Mais do que estabelecer métodos e trazer novas ferramentas, Kaoru Ishikawa criou uma revolução no pensamento das organizações e dos gestores, que passaram a se preocupar ainda mais com a Qualidade como parte da cultura das organizações.

Inclusive, Ishikawa difundiu a Revolução do Pensamento, que segundo ele, seria um conjunto de ideais que quando aplicadas de forma correta transformaram as organizações.

Como dissemos, várias ferramentas da qualidade já existiam antes de Ishikawa. Porém, ele trouxe a Cultura da Qualidade do Japão à tona, demonstrando que era possível alcançar níveis muito maiores do que os próprios americanos, sendo a base para os conceitos e ferramentas do SGQ atual.

Com o 8Quali você automatiza o seu Sistema de Gestão da Qualidade. Solicite uma demonstração gratuita em nosso site.

SOLICITE UMA DEMONSTRAÇÃO

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine Nossa Newsletter

×
Close Bitnami banner
Bitnami